Brasil chega a 652.143 mortes pela Covid-19; média móvel de mortes e de casos cai  

Escrito por: Redação CUT

Com 216 mortes registradas em 24 horas, entre sábado (5) e domingo (6), o Brasil totalizou 652.143 mortes em consequência de complicações causadas pela Covid-19 desde o início da pandemia. No mesmo período, foram registrados 15.961 novos casos da doença, totalizando 29.049.013 desde março de 2020.

De acordo o Ministério da Saúde, o país registra atualmente as menores médias móveis de casos e mortes desde janeiro.

Neste domingo, a média móvel de óbitos foi de 429,9 e está em queda pelo décimo dia seguido, depois de mais de um mês em disparada. Na comparação com os dados registrados há 14 dias, a variação negativa foi de 49,2%.

Já a média móvel de novos casos foi de 40.129,9, queda de 61,4% em comparação com os números computados há duas semanas. Este é o 38º dia consecutivo em que o índice está em queda no Brasil, atingindo, neste domingo, o ponto mais baixo da curva desde 11 de janeiro, há quase dois meses, no início da terceira onda viral.

Vale ainda ressaltar que os números em geral são menores aos domingos, segundas-feiras ou nos dias seguintes aos feriados em razão da redução de equipes que alimentam os dados.

No entanto, às terças-feiras e dois dias depois dos feriados, em geral, há mais registros diários pelo acúmulo de dados atualizado.

Situação nos estados

O Acre, Amapá, Amazonas e Roraima não registraram mortes em 24 horas. Já Distrito Federal e o Tocantins não divulgaram informações de casos e mortes pela covid.

O país registra há 10 dias tendência de queda nas mortes pela doença – ontem ficou em -48%.

A tendência é observada em 24 estados.

Apenas Rondônia (-10%), Tocantins (0%) e Alagoas (-11%) apresentam estabilidade. Nenhum estado está em aceleração.