CONFIRA RELATÓRIO: CNTSS se reúne com presidente do INSS para debater situação da instituição

Publicado em: 16/01/2018 ás 10h23

Reunião foi realizada no dia 12 de janeiro; outra está marcada para o dia 25

Ajuste da letra
CONFIRA RELATÓRIO: CNTSS se reúne com presidente do INSS para debater situação da instituição
Convocada pela Direção do INSS, foi realizada no dia 12 de janeiro reunião conjunta- CNTSS e FENASPS, às 10h20, na sala de reuniões da Presidência do INSS. Na pauta reportagem que circulou na TV Globo no dia 09/01 do corrente ano, que retratou os problemas de atendimento relacionadas à falta de vagas de agendamento em algumas regiões do país, explicitando o déficit de servidores e os problemas ocasionados.


O presidente do INSS Francisco Lopes iniciou sua fala e justificou a repentina reunião, alegando a reportagem da TV Globo expôs problemas que devem ser tratados urgentemente pelo INSS e de que a ideia é ouvir as entidades e juntos encontrar soluções para o atendimento da população e, em especial, de quem trabalha na ponta.


Ele expôs a necessidade de se encontrar mecanismos para aumentar o número de concessores nas agências, utilizando para tanto as novas tecnologias como o portal MEU INSS, que reduziria o fluxo nas agências. Relatou que 70% da demanda dizem respeito a serviços que podem ser absorvidos pela utilização desse portal. Sinalizou que uma das ideias é que esses servidores, que atualmente fazem esse tipo de atendimento, possam ser utilizados na concessão.


Disse que num universo de 34 mil servidores, apenas 5.500 são concessores e, diante do quadro de aposentadoria de cerca de 40 %, e do Ministério do Planejamento sinalizar que não haverá concursos, o presidente deseja dialogar com as entidades, para que estas apresentem propostas de melhorias. As entidades, em especial, a CNTSS chamou a atenção que desde 2008 já vem alertando os vários presidentes que passaram pela Instituição sobre o colapso que chegaria o INSS se nada fosse feito, com o objetivo de reposição da força de trabalho, melhoria na aquisição de equipamentos e sistemas corporativos e na qualificação e valorização dos servidores.


A CNTSS destacou o relatório elaborado pelo TCU em 2013 e apontou que tudo que foi levantando, está acontecendo. Os dirigentes afirmaram que com a implantação do INSS Digital, fragilizou ainda mais os processos de trabalho na Instituição, pois coloca em risco a segurança dos processos e causa insegurança nos servidores, e deixa o INSS com estoque de processos físicos, de processos agendados e outro de digitalizados. A Também destacou que a gestão não tem controle da situação e se encontra em frangalhos, sem direção, colando em risco a missão da instituição. Segundo o Presidente, a solução está na base, e o desejo da Instituição é abrir um diálogo com participação, discutindo com as entidades representativas dos servidores, e que isso pode ser feito de imediato.


A Confederação argumentou, ainda, que a solução começa com a valorização e a motivação dos servidores, atendendo as reivindicações apresentadas na reunião anterior e cumprimento integral do Termo de Acordo de Greve, assinado em 2015, em especial, a implantação do Comitê Gestor de Carreiras, melhorias nas condições de trabalho e investimento em segurança e capacitação, e reuniões técnicas para realinhamento de procedimentos, facilitação da legislação nas APSs, além da reposição da força de trabalho e infraestrutura, não sendo possível o Instituto fugir desta responsabilidade.


A CNTSS ainda pautou a questão da jornada de trabalho e a implantação das seis horas para as agências que não estão no REAT e para a área meio, dando um tratamento equânime para os servidores. Também foi questionada a portaria que obriga as agências a trabalharem nos feriados municipais, que não estão contempladas na Portaria do Planejamento. O presidente disse estar vendo solução para isto.

Diante de tudo que foi discutido, o presidente se comprometeu que fará o possível dentro da sua governabilidade para iniciar junto com as áreas do governo, o processo de atendimento das pautas e de valorização dos servidores.


Como encaminhamento, ficou agendada outra reunião para o dia 25 de janeiro de 2018, onde o presidente apresentará algumas propostas de melhoria nos fluxos e processos de trabalham, que serão debatidas a ser discutida junto com as reivindicações das entidades.


BSB, 12 de janeiro de 2018.  

SindsprevPB − Sindicato dos Trabalhadores Federais em Saúde, Previdência e Trabalho do Estado da Paraíba
Rua Monsenhor Sabino Coelho, 62, Centro, João Pessoa - Fone: (83) 3222-2038

E-mail: sindsprevpb@sindsprevpb.org.br

[Arquivo de Notícias]